domingo, 30 de janeiro de 2011

........E UM GRANDE PRESENTE

Muito a propósito do comportamento animal e da coragem de um abnegado como o Sanbernardo da minha crônica anterior, acabo de receber de um grande amigo, Rubens Saboya, o escultor de fortes bronzes com a leveza de um grande poeta, o seguinte e-mail que aqui ficará registrado para sempre:

"Perto deste lugar
repousa um ser
beleza sem vaidade
força sem insolência
coragem sem ferocidade
e todas as virtudes, sem os vícios dos homens
este elogio, que não passaria de adulação absurda
se estivesse escrito sobre cinzas humanas,
é apenas um justo tributo à memória de
Boatswain, um cão
nascido em Terra-Nova em maio de 1803
e morto em Newstead Abbey, em 18 de Novembro de 1808"

Lord Byron nasceu em 1788, ele tinha 20 anos
quando escreveu este epitáfio.
A biografia da qual retirei o texto é de André Maurois, boa
de ler!
O Byron é um dos meus heróis
Beijo e abraço saudoso, Rubens "

Só tenho que agradecer ao Saboya este presente que partilho com meus amigos e leitores,
em homenagem à arte dos dois...

2 comentários:

Indra disse...

Bruna, como amante dos cães, esse post me comoveu! Que epitáfio bonito! Escrito aos 20 com o brilhantismo do Byron! Obrigada pela dica do livro.

san disse...

Bruna, muito bonito esse epitáfio. Só você mesmo para postar coisas interessantes e inteligentes. bj san