quarta-feira, 17 de novembro de 2010

PARA FLAVIA........

A NOVA NETINHA DA SANDRA, A QUEM DEDICO ESTE CONTO DE CRIANÇAS, QUE UM DIA A VOVÓ LERÁ PARA ELA E ACABARÁ FALANDO DE MIM....

"O narizinho de Clarinha"
Clarinha está na frente da televisão: já fez a lição de casa e já arrumou os brinquedos no seu quarto. Acaricia o pelo encaracolado de Bilíu, o poodle cor de pêssego, acocorado no seu colo, focinho para cima, olhando para ela.
Clarinha começa a correr os canáis procurando o desenho animado que vê todos os dias naquele horário. Seis anos de pura educação, obediência e tranquilidade.
--"Clarinha, a gente não limpa o nariz com o dedo!"
A mãe entra e sai da sala, arrumando coisas, regando plantas, sempre atarefada.
--"Clarinha tira o dedo do nariz!"
No vídeo, a princesa colhe flores.
--"Clarinha, pelo amor de Deus, você sabe que isto não se faz. Será possível que todos os dias devo repetir dezenas de vezes tira o dedo do nariz? Pare de tirar melecas!"
E Clarinha, enquanto a mãe sai da sala:
--"Mas mãe, Bilíu adora..."

3 comentários:

san disse...

Bruna, que coisa mais linda! adorei! dei uma boa gargalhada e achei uma fofura...a Flavia, quando entender vai adorar!
beijos minha querida! san

Tânia Tiburzio disse...

Que graça! Fiquei imaginando a cena. Beijos.

Benedito Deíta disse...

Que lindo. Dá para ver, o Bilíu lambendo o saborzinho en tre os pelos.É educado servir aos outros o que lhes apetecem?